Landing Page
5 coisas que você precisa saber

O que significa landing page?

A tradução literal desse termo quer dizer “página de aterrisagem”.

Inicialmente, era nela que os usuários chegavam primeiro, antes de irem para a homepage dos sites. E era ela quem direcionava para o domínio principal. Mas, com o passar do tempo, foi atribuída à ela outra função.

O que é uma landing page?

Imagino que a frase “landing page o que é?” tenha vindo a sua mente algumas vezes ao longo da sua trajetória.

De maneira bastante resumida, essa é uma página que tem a conversão como sua principal função. Essa conversão pode significar vendas, clientes, downloads, leads ou cadastros.
Isso vai depender do objetivo que a empresa tem.
Elas são muito comuns nas estratégias de marketing.

Como a
landing page nasce basicamente para converter, se você não conseguir esse resultado, podemos dizer que ela é inútil.

Então, é necessário que ela seja arquitetada visando a conversão. E, para isso, existem técnicas.

Landing page do Pinterest para divulgar as tendências presentes na plataforma

Qual a diferença entre uma landing page e um site comum?

Normalmente, as “páginas de aterrisagem” são compostas por uma única página, enquanto os sites possuem várias delas.

Além disso, elas costumam apresentar um botão CTA.
A sigla significa “Call to Action”, ou seja, de forma literal, “chamar para ação”.

Quando o CTA é bem feito, ele termina em conversão.

Já os websites não possuem “somente” essa função de converter.

Os websites são mais completos, mais robustos e apresentam maiores informações que uma landing page. Isso porque não é voltado para uma campanha específica.

Como criar landing pages que convertem?

Você já ouviu falar de neuromarketing?
Como o termo já diz, essa é uma ciência que junta a neurologia ao marketing.

De maneira bastante breve, simplificando o máximo possível, o neuromarketing estuda quais fatores influenciam o subconsciente das pessoas a comprarem.

Então, esse é um assunto interessante de ser estudado e explorado. Ele é importante não só nesse caso, mas no ramo de vendas no geral.

Além do neuromarketing por si só, existem técnicas visuais para guiar o olhar e manter a pessoa na sua página.

Quais estratégias devo usar para a conversão?

Fora as questões envolvendo o design, das quais falaremos sobre em seguida, precisamos falar sobre o conteúdo a ser apresentado.

Uma pesquisa divulgada pelo Copyblogger diz que 80% das pessoas só lêem o cabeçalho de um site. Ou seja, somente 2 a cada 10 pessoas vão ler o restante do conteúdo ali presente.

O que isso significa?

Essa estatística está te dizendo que você precisa focar suas energias no título e subtítulo.

Esse é o espaço mais importante a ser explorado e é a ferramenta pela qual você convencerá seu lead.

Ali as informações mais importantes devem aparecer de forma reduzida, mas clara e direta, para que o visitante acredite que ele precisa daquilo.

Botão CTA em sua landing page

Como já dissemos que a principal função é converter, e que a conversão é feita através do botão CTA, precisamos chamar atenção para ele.

Isso deve ser feito de várias maneiras ao mesmo tempo, para garantir que o objetivo seja conquistado. 

cta landing page
"Try for free" é botão CTA da landing page da Wistia
1- Texto

Os textos ali presentes devem guiar o lead ao botão e vender a necessidade de clicar.

2 - Cor
cor na landing page pineal marketing
Essa landing page é um ótimo exemplo de como as cores são bem exploradas

Assim como quase tudo dentro do mercado publicitário funciona a base da junção de cores, aqui não é diferente.

Cores complementares e opostas vão te auxiliar a destacar o botão e atrair atenção para ele.

3 - Objetividade

Seja direto na informação que você quer transmitir.

Já dissemos anteriormente que os textos presentes no corpo da página na maior parte das vezes não são lidos. Então tenha foco!

4 - Elementos complementares

Imagino que a essa altura você já tenha entendido a importância desse botãozinho. E que ele sozinho não é suficiente.

Então vamos precisar trabalhar com elementos complementares que chamem atenção, mas não a cative. Procure explorar imagens, formas geométricas e todos os recursos que você achar necessário.

5 - Público-alvo

Tenha sempre em mente quem é seu público-alvo e como eles pensam. Leve em consideração seus gostos e suas preferências.

Caso uma persona ainda não tenha sido definida, esse é o momento.

6 - Marketing Digital

Todos esse fatores fazem parte da criação de landing page ideal. Mas, ela não funciona sozinha.

É fundamental que uma campanha de marketing digital seja feita contemporaneamente, para que se tenha o melhor resultado possível. 

Isso inclui campanhas de Google Ads, Seo, mídias sociais, entre outras estratégias.

Clique aqui para saber mais sobre marketing digital.

Clique aqui para saber mais sobre Google Adwords.

Clique aqui para saber mais sobre mídias sociais.

Landing Page Design

O layout da sua página é uma parte importante dela, como você já deve ter percebido até aqui. Uma das maneiras de conseguir o retorno esperado é se manter atualizado nas tendências atuais.

Mas claro, não fuja da estratégia de comunicação visual da sua marca.

comunicação visual landing page
Essa é uma outra linha de design possível a ser seguida
WordPress landing page

Uma boa landing page não separa o design da conversão.
O design vai ser o mais atual possível, que converse com a identidade da marca, e vai converter muito.

Mas, para isso, você precisa ter uma boa ferramenta para conseguir realizar esse desejo.

Atualmente, a plataforma WordPress é a mais indicada, já que é super completa e confiável.

Em virtude das funções que disponibiliza, é possível focar mais no layout. Nela você encontra algumas referências de layout, para que consiga começar sua landing page do zero, se inspirando no que mais te agradar.

Além disso, com o WP é possível trabalhar nas configurações que melhoram sua campanha de SEO, inclusive apresentando métricas para te ajudar com isso.

Layout

Existem vários modelos de landing page, e cada uma delas funciona melhor para públicos específicos.

Então, antes de contratar uma agência, ou um programador, certifique-se de que essa pessoa esteja ciente disso.

Em janeiro desse ano fizemos um conteúdo no nosso blog falando sobre
tendências de 2020.

Lá falamos de diferentes áreas do marketing.

E falamos também sobre as tendências de layout para esse ano.

Dê uma lida no texto antes de fazer a sua.
Temos certeza que vai te ajudar muito. 

Por que contratar a Pineal Marketing?

Nós somos uma agência que foca em performance.
Então, não vendemos serviços, vendemos resultados.

Portanto, quando fechamos um cliente novo, analisamos a situação dele e vemos o que vai funcionar para aquele caso.

Além disso, o cliente é quem melhor entende do próprio negócio.

Então estaremos sempre de ouvidos abertos para entender sobre a empresa, o público e o nicho que ele se encontra.

Em virtude de nosso produto ser o resultado, e não o serviço, estamos sempre estudando para apresentar a melhor solução presente no mercado.

Venha conhecer um pouco mais sobre a família Pineal Marketing e marque uma 
call com a gente

Vamos amar te conhecer!

Sobre a autora deste conteúdo

Antonella Catarina


Meu nome é Antonella Catarina (mas me chamam só de Antonella), tenho 20 anos, sou canceriana e estudo Letras na USP.
Uma das coisas que eu mais amo fazer é escrever. Escrevo desde pequenininha e sempre foi minha melhor maneira de me comunicar (mesmo falando demais). Além disso, eu amo ler, tirar fotos, viajar e aprender novas línguas.